invitation
Saudações, visitante! Neste momento, você se encontra no Hishoku no Sora, um blog pessoal sem fins lucrativos. Aqui se fala de tudo um pouco, então fique à vontade!
A versão atual é inspirada no filme Corpse Bride, de Tim Burton - estrelando a protagonista Emily ♥

something blue
Kawasumi Shana, 24 anos e contando +1 todo dia 7 de fevereiro - logo, sou toda aquariana. Adoro música, mangás, animes, filmes e livros. Odeio insetos, injeções e filmes de terror, sou criativa e contraditória, possivelmente tenho um parafuso a menos - mas juro que sou legal. Ou não. more?

something borrowed


Follow

something new

something old

you may kiss

 
Hishoku no Sora
Google Chrome | 1366x768
Happy Halloween: como surgiu?
Boys and girls of every age 
Wouldn't you like to see something strange? 
Come with us and you will see 
This, our town of Halloween
This is Halloween, The Nightmare Before Christmas





Feliz dia das Bruxas à todos! E que os seres do submundo e espíritos das trevas estejam com vocês! o/
Olá, olá, queridos leitores! Espero que tenham passado bem os últimos dias. Eu particularmente me encontro bem mau-humorada neste momento, uma vez que o blogger fez o favor de apagar o post enorme que eu tinha a-ca-ba-do de terminar. Mas ok, nada me impedirá de comemorar o dia de hoje! Afinal, todos sabem que o Halloween é meu segundo dia favorito do ano - perdendo apenas para o natal, porque sim. Sendo assim, esta data tão magnífica jamais poderia passar em branco aqui no Hishoku e, com ou sem viadagem do blogger, este post há de acontecer!
Embora o Halloween seja uma comemoração estrangeira, já fazem uns bons anos que a data tem chamado a atenção aqui no Brasil, tanto de adultos quanto crianças. Mas e você, caro leitor, sabe como surgiu o Halloween?

Bom, pra começar, vamos pela etiologia da palavra. Halloween é, na verdade, uma forma reduzida da frase All Hallows' Even, traduzida como "Noite de Todos os Santos". Esta seria a véspera do Dia de Todos os Santos (All Hallows' Day) - comemorado no Brasil dia 1 de Novembro, um dia antes do feriado de Finados.
Eventualmente, as pessoas encurtaram a expressão para "hallowe'en", que com o tempo passou a ser grafada como halloween. Mas a origem da festividade vem bem antes, entre os anos de 2000 e 100 a.C. Nesta época, as regiões da Grã-Bretanha e França eram habitadas pelo povo Celta, o qual, no dia 31 de outubro, praticava o Samhain, importante festividade que assinalava o fim da colheita, o Ano-Novo celta e também o início do inverno, "a estação da escuridão e do frio" - período associado aos mortos. Nesta data, era possível  um contato com o mundo dos mortos, e acreditava-se que maus espíritos viriam assombrar os vivos e possuir seus corpos, já que esta era a única forma de obter a "vida após a morte" - daí o costume de fantasiar-se de criaturas sombrias e bizarras, que originalmente objetivava afastar a influência desses espíritos malignos nesta data específica.
Séculos mais tarde, a festa veio a ser proibida pela Igreja Católica, que a considerava profana. Ela foi, ainda, associada às bruxas, seres muito temidos durante a Idade Média, o que provavelmente explica a presença delas como símbolo do Halloween e a tradução do termo para "Dia das Bruxas", no Brasil.
A sua chegada ao continente americano provavelmente se deu em meados de 1840, com a fuga de imigrantes irlandeses para os Estados Unidos. Estes, àquela época, buscavam escapar da fome que assolava sua terra natal. As lanternas de abóbora e a lenda de Jack O'lantern também são provenientes de um mito irlandês, conhecido como Stingy Jack.

Também popular no Dia das Bruxas, principalmente nos EUA, o Trick or Treat originou-se de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar).
"No dia 2 de novembro, Dia de Todas as Almas (ou Finados aqui no Brasil), os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma), que eram feitos de pequenos quadrados de pão com groselha. Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por um certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam-na a ir para o céu" (Fonte: Além da Imaginação).
Embora tenham se originado em rituais antigos, vale ressaltar que as comemorações de hoje são bem diferentes das de outrora - as fantasias de hoje já não servem mais para espantar espíritos e ninguém mais faz orações aos mortos quando ganha docinhos. Ainda assim, essa é a origem do Halloween, essa data cheia de mistérios e monstros sombrios.

Fontes:
Mundo Estranho, Qual a origem da comemoração do Halloween?
Além da Imaginação, A história do Halloween e seus detalhes.
Yahoo! Notícias, Origem e lendas do Halloween
Brasil Escola, A história do Halloween.


Espero que tenham gostado, queridos leitores. ♥ Vale a pena visitar esses links acima também, pois, além de trazerem as origens do halloween, contam com diversas outras curiosidades, lendas e histórias dessa data que eu gosto tanto. A propósito, além do dia das bruxas, no dia 31 de outubro é comemorado o Dia do Saci aqui no Brasil! Nós temos as nossas criaturas bizarras a serem exaltadas também, não é demais? Lidem com isso, americanos.
Por fim, eu fico por aqui. Que os espíritos malignos os assombrem esta noite, queridos leitores, e que as bruxas joguem os feitiços mais grotescos sobre vocês! o/ Um beijo, e até a próxima!

Marcadores: , , ,


By Shana • quinta-feira, 31 de outubro de 2013 • 6 ComentáriosLink to this post

Dicas simples pra decorar seu quarto!
Olá, olá, queridos leitores! Espero que tenham passado bem os últimos dias! :D
Como já devem imaginar, minha vida é uma caixinha de surpresas literalmente, então o pouco tempo livre que eu tenho acaba sendo roubado de mim nos últimos minutos. Mas eu ainda consigo viver, graças aos deuses de Asgard, então tá tudo certo. E como puderam ver, eu finalmente dei um jeito naquele problema com o sistema de comentários! \o/ Não é o sistema mais bonitinho, mas ele não dá pane a as pessoas podem comentar à vontade - pelo menos eu acho que elas podem, né. Colabore com a gente, blogger, colabore.
Bem, o post de hoje está na minha cabeça faz algumas... semanas. Ensaiei bastante para trazê-lo, mas como eu disse, a vida é uma caixinha de surpresas, blá blá blá... Em suma, por mais que eu não seja exatamente decoradora (graduanda em Psicologia, oi), as pessoas costumam comentar sobre como meu quarto é a minha "cara". E eu sei que hoje em dia estamos nessa moda de ter tudo personalizado, de fazer suas próprias coisas e concordo que é bem bacana ter um espaço que seja a cara da gente. O problema é ter recursos financeiros pra pagar um decorador ou mesmo pra comprar a decoração: querer é uma coisa, poder é outra bem diferente, já dizia minha mãe.
"Mas Shana, você não acabou de dizer que seu quarto é a sua cara?"
Exatamente, querido leitor! :D E, por isso, hoje eu resolvi compartilhar brevemente com vocês algumas estratégias para decorar seu quarto e deixá-lo com a sua cara, sem gastar zilhões de dinheiros com isso! Magnífico, não? Sim, eu sei, já podem me amar agora. (y)


Decorar os puxadores. Eu adoro chaveiros e pelúcias, mas raramente eu os uso em chaves ou bolsas porque tenho medo de estragar ou perder na rua. Mas eles são uma boa opção pra pendurar nos puxadores da sua cômoda ou guarda-roupas: não suja tanto, e desde que não atrapalhem o manuseio das portas/gavetas, fica muito bacana! Dá um ar mais alegre ou mesmo personalizado, e dá pra dizer que é de "baixo custo". Você também pode usar outras coisas, como fitas, laços, correntes ou pedaços de tecido - daí, é usar e abusar da sua criatividade.


Teru Teru Bouzu é um tipo de "boneco" que as crianças fazem no japão, e, pra resumir bastante, se pendurados de cabeça para cima eles evitam chuva, enquanto que, de cabeça pra baixo, fazem chover. Eu particularmente adoro cultura japonesa (caham, deve dar pra notar), então fiz dois deles pra pendurar na minha janela. :D São muito fáceis de fazer, você só precisa de um pedaço quadrado de tecido, alguma coisa redondinha para a cabeça - eu usei bolinhas de isopor - e algum tipo de cordão ou barbante para amarrar. Daí, é só colocar a cabecinha no meio do tecido e amarrar: tcham!, está pronto seu teru teru bouzu. As carinhas deles eu fiz com esmalte, mas daí é só abusar da sua criatividade também. Além das janelas, eles podem ser uma boa pedida pra pendurar nos puxadores, olha só que interessante! 8D


Toalhinhas e estampas. Se você tem móveis no seu quarto, é sempre bom forrá-los com alguma coisa, pra evitar que se deteriorem mais rápido ou mesmo pra evitar sujeira - vai que você derruba alguma coisa em cima, né? De qualquer forma, uma boa pedida é usar tecidos ou toalhinhas estampados, com cores ou desenhos que você goste, pois dá um ar mais alegre ao ambiente. Tapetes também são uma boa pedida, e cortinas também - mas, dependendo da sua carteira (hahaha!), alguns pedaços de tecido devem dar conta do recado. Lojas de tecido costumam vender por metro, e não sai tão caro se você souber pesquisar um pouco! \o/ 


Murais de fotos são bem bacanas, ainda mais se você descolar algumas fotos legais, tipo essa que eu tenho da estação da luz. 8B Infelizmente, não é todo mundo que tem aqueles murais de metal pra sair colocando coisas, então fica aí uma dica: se você imprimir as fotografias em material de qualidade ou mesmo encapá-las, tudo o que você precisa pra fazer um mural é fita dupla-face ou fita crepe. Mas tenha em mente que se você for tirá-las da parede o tempo todo, pode estragar tanto as fotografias quanto a tinta da parede, então só é uma boa pedida de você realmente quiser manter as fotos ali. Eu particularmente adoro, pois gosto de ter as fotos pra olhar sempre, em vez de guardá-las numa gaveta. 


Por fim, pôsteres ou recortes de revista, algo que eu absolutamente adoro! Os meus são todos de anime, como deu pra ver, mas você pode fazer montagens ou mesmo recortar figuras/paisagens de revistas e colar na sua parede. :D Também é uma dica de baixo custo, pois, novamente, tudo o que você precisa é fita dupla-face, fita crepe ou mesmo durex. No entanto, vale aqui o mesmo cuidado que citei anteriormente: é fácil colar, mas você pode estragar tanto os pôsteres quando a tinta da parede se ficar desgrudando-os o tempo todo. Outro cuidado essencial é manter os recortes sempre encapados (notem nas fotos que meus pôsteres são brilhosos, pois todos estão encapadinhos com plástico). Isso é importante porque o tempo e o próprio pó acabam danificando-os, e eventualmente eles rasgam e coisas assim. Caso você não tenha como revestir eles com plástico ou contact, você pode comprar durex grosso e ir colando as tirinhas com cuidado, até que o papel esteja completamente encapado. :D É bem durável, e mais barato, só precisa de paciência. Uma dica, caso você queira gastar um pouco mais, é imprimir os pôsteres em papel de foto - ou comprar eles assim na Liberdade, hahaha! xD


Bem, queridos leitores, é basicamente isso. :D Espero que aproveitem as dicas - são simples, mas valeu a intenção, certo? Certo, então todos ficam felizes. (y)
Um beijo a todos, e até a próxima! o/



Marcadores: ,


By Shana • quinta-feira, 24 de outubro de 2013 • 2 ComentáriosLink to this post

I'm [HELL YEAH] Edward Elric!
What Anime Personality Are You?
What Anime Personality Are You?
Hosted By theOtaku.com: Anime


Sorry guys, eu só precisava compartilhar isso com o mundo. Vejam bem... 8D''

Marcadores: , ,


By Shana • sexta-feira, 18 de outubro de 2013 • 3 ComentáriosLink to this post


«older newer»